Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dias Felizes

Dias Felizes

Livro

Um livro vale o que vale. Uma vida vale o que vale. Um voto vale o que vale. Por exemplo, ler um livro como “O Velho e o Mar”, de Papa Hem, para quem se interessa por amor e amizade incondicionais e simplicidade de meios, é um daqueles livros que se diz que muda uma vida. Nunca mais se olha para um peixe ou um velho sem se lhe querer saber o nome, a origem, a pujança. Escrevi o livro “Quo Vadis, Salazar? (Escritos do Exílio), ed. Escritório”, uma compilação de crónicas e contos nascidos nos cafés de Amsterdão, movido por sentimentos de raiva e indignação, impulsionado pelo imperativo que a vida me colocara de ter que sair do meu país a contre coeur, por nele ter encontrado a mais reles forma de autoritarismo na forma de uma instituição legal de poderes torcionários medievais de nome AT, vulgo fisco, vulgo canalha. Quase sempre se dissipavam os maus fígados quando me punha a escrever como se uma réstia de budismo de Inverno me apaziguasse e levasse os pensamentos-sentimentos para outros lugares de paz e criatividade. O livro, que podes achar nas FNAC’s deste país ou através do meu editor, é para ser lido como um livro de crónicas e de contos, e não apenas como um manifesto solitário de alguém que como muitos deste país e de outros, ditos de civilizados, democráticos e próprios para consumo, se vê de repente e à sua família directa, confrontado com um roubo legal, uma ameaça concreta de saque da qual apenas se pode defender através da escrita, do protesto e da denúncia das disparidades da “máquina”. É um livro de alguém zangado com uma patilha do sistema que tem poderes feudais. É um livro com ingenuidades se por ingénuo se toma aquele que acredita no poder transformador da palavra. É um livro de alguém esperançado na Justiça, mesmo a dos homens, mesmo a que não passa de mais um negócio de merceeiros para quem a pátria não passa de uma conta bancária. O lucro reverte para quem mais dele precisa: os meus filhos.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Favoritos

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D